Eu Conheço Alguém Que Morreu de Tanto Amar!

Eu te amo...

Mas, melhor do que eu possa querer amar você, Deus te ama ainda de uma maneira muito melhor do que a minha, pois te ama + do que o amor que eu, pessoalmente possa crer ser o + perfeito!

Ele entregou Seu Filho a ti e a mim por amor, e para isso, se entregou, morrendo por todos os nossos pecados, grandes e pequenos.

Você não precisa de + nenhum acessório para querer a Ele, em sua vida:basta reconhecer que,como todo ser humano,necessita desse amor que Ele lhe ofertou,na cruz.

E, a partir desta simples atitude,você será como eu sou: amada com um amor + do que perfeito!


Um pouquinho de mim para ti...

sábado, 31 de outubro de 2009




É Sempre Bom Sonhar!
As palavras são o motivo
das viagens que faço
Voo para tão longe possa conseguir
meu pensamento e minha imaginação
Crio em mim mesma
um novo jeito
para viver não tão sozinha
mas em boa companhia
E entrego-me à razão
única de sonhar
sem os limites que me prendem
os pés no chão...
O único argumento da razão
é que ela não sonha
pois não tem um coração.


Os pássaros é que são felizes
Livres...
Voam,sem precisar voltar
Quando alguém quer que parem
De voar.
Soltos...
Buscam o infinito
Conquistam o horizonte
E ninguém os impede
De continuar...
O céu é o seu lugar.
O brilho do sol,seu amigo.
O canto do vento que sopra,
seu companheiro
No roteiro da viagem aérea...
Os pássaros é que são felizes
Ninguém conseguirá prender
O que conhece a liberdade como vida...

O Eu Que Eu Não Queria Ser

Há um eu parte de mim
que é egoísta.
É difícil dizer desta forma
que parece até simplista,
mas a única saída é mostrar
o que quer se esconder
em mim,sutilmente,
para que eu possa
sempre parecer perfeita...
Seria o ideal,não seria?
Desapontar,frustrar,decepcionar
aos outros é menos dolorido
do que fazê-lo a si próprio
e,antes que alguém pense
que é fácil,provo que não,
dizendo eu mesma que o faço
a mim mesma...
Egoísmo: quem admite tê-lo?
Ao menos um pouco de humildade
seria preferível que todos nós tivessemos...


"Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À  parte isso,tenho em mim todos os
Sonhos do mundo."

Fernando Pessoa

sexta-feira, 30 de outubro de 2009



Canção do Vento para a Brisa

O vento chegou,de repente
E impetuosamente passou
arrebatando,em tempestade gigante,
as folhas das árvores,
levando-as ao chão
Então,as folhinhas,em uníssono,perguntaram:
"estás procurando alguém?"
ao que lhe respondeu,com um sopro,o vento:
"estou procurando a brisa...
viram a amada do meu bem?
Busquei-a em tantos os lugares,
cansei,e não encontrei ninguém!"
As folhinhas,caídas e unidas,lhe disseram:
"Tua saudade é tão forte,que te levará
até ela,mas não a procure na cidade,
vá até o litoral ou campo,encontrá-la,
talvez a própria brisa te ache,
mas não lhes seja vendaval:
pode ser até temporal,
mas não ventania tão forte;
o teu vento envolverá suavemente a brisa,
em uma harmonia de romance
(aproveite,é a sua chance!)
Vento e brisa,de mãos dadas,
assoviarão uma canção de amor...
Canção de verão: bem quente...
Ou canção de inverno,ao luar...


Imagine

O vaso de flores artificiais
que alegrava o ambiente,
que dava colorido à tudo,
que inspirava o olhar,
quebrou.
O vaso espatifou-se no chão
branco gelo marfim cinzento.
Cacos,caquinhos,cacões ao chão
formaram um mosaico de preto no branco
gelo marfim cinzento do chão.
As flores espalharam-se,
a àgua derramou-se toda
as flores,embebidas pela àgua,
bailaram sobre a tristeza do vaso quebrado.
Bailaram à sua liberdade,
brindaram à sua metamorfose,
à sua transmutação!
O vaso não quebrou sozinho:
quebrou o seu dogma!
E se fez livre de si mesmo,
junto com as flores,
que estavam presas a ele
em sua artificialidade.
Hoje,elas são só felicidade...
Estive tão perto de aprender
Mas nunca compreendi o suficiente
Para entender o que quer dizer razão.
Como existir razão,
Se ela já se sabe incompreensão?
O que pude absorver
Deste universo de palavras
Que é tão vasto e (singularmente comum e ingrato)
É que muitas vezes dizendo sim
Se diz o não...
Isto,sim,é que é ter razão!
Não vive a razão o poder das emoções
O fogo que quase exaure a paixão
Dos argumentos intermináveis dos debates...
Das ideias,sugestões,opiniões e divagações
Do coração humano...
Não vive a razão,porque antes pensa,na mente
E não no coração!
A razão subentende,pois pensa,reflete,medita
Não admite vacilação,mas convicta,sempre é a razão!

Estive próximo a saber
Qual a razão de ser sem estar
Ou mesmo de estar sem ser(eis a questão)

Não vive a razão a chama
Que flameja o inconsciente
Pois a razão é consciente,é concisa
Não a vértebra,coluna do sentimento
Mas,antes,somente razão.
Razão,somente razão...
E algumas vezes,cinzas.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009



Neste vasto mundo de interrogações sem fim
de que valem minhas(vãs)certezas?
De que valem sentimentos concretos
em um lugar onde tudo é tão exato,
perfeitamente correto e até para ser abstrato
é complicado ser complexo?
De que valem emoções,
se até mesmo as sensações estão escondidas,
e o sensato é ser sempre certo de tudo,
e o mais secreto segredo será,
sempre o menos confessável?
De que vale o lúdico,o que é sonhável,
se as opiniões são sugestões,apenas,
se até "algumas coisas são verdadeiras",
mas não sempre...
De que vale a convicção do que se sente,
se o mais importante é o que não é urgente?
Neste vasto mundo de perguntas intermináveis
com respostas vagas e inabsolutas
de que vale ser livre de si mesmo,
se há,sempre o limite do que é lírico:
"talvez", "jamais","não sei", "será"...
??????

"Quem não compreende um olhar
tampouco compreenderá uma longa explicação..."
(autor desconhecido)

Filipenses,capítulo 1: 27;cap. 2:1 a 11

O apóstolo Paulo,que com tanto empenho pregava o evangelho de Cristo,estava preso; mas mantinha o ministério que havia recebido Dele: o evangelho sendo pregado "em tempo,ou fora de tempo".
Se olharmos pelo prisma natural,somente uma pessoa livre,em pleno poder de seus direitos e deveres civis,poderia usá-lo,de forma a propagar,com mais ousadia,o evangelho,e assim disseminá-lo com êxito;
Paulo usou de seus próprios limites par fazer isso: não desperdiçou o dom evangelístico que o Senhor lhe proporcionou e soube ousar,como ninguém,mesmo algemado em cadeias.
Uma situação tão complexa como a de um encarcerado pode gerar uma pressão psicológica imensurável,e levar o mesmo à auto-destruição(degradação moral,física e espiritual). A degeneração é,sem dúvida,muito mais atrativa do que propriamente a regeneração é o estimulante,para trazer benefícios e mudanças no ser humano.
O que mais me chama a atenção é o fato de que,apesar de estar preso,Paulo mantinha sua autoridade apostólica entre os irmãos,exatamente por causa de sua humildade: humildade essa advinda de sua maturidade crescente,pela comunhão íntima,irrestrita e pessoal,com o Senhor.
A Igreja em Filipos permanecia em amor,unidade,comunhão,debaixo da cobertura das orações intercessórias de seu líder,e de uns para com os outros!
Hoje,se enfrentassemos a situação pela qual nosso irmão Paulo teve de passar,resistiríamos com tal perseverança e com a mesma coragem? Será que nos submeteríamos à desafio igual? E,se nos sujeitassemos,seríamos tão gratos a Cristo quanto Paulo continuou sendo,mesmo na prisão?
Devemos compreender melhor o que a Bíblia nos revela de maneira tão vívida e clara: Deus quer nos expressar que o amor Dele em nós,nos faz vencer nossas próprias barreiras,e todas as que se apresentarem adiante serão,então,menores,se comparadas à grandeza de Seu poder dentro de nós,que nos leva além: além da paciência,do altruísmo,da esperança,da fé...
Somos o Paulo de hoje,em prisões,muitas vezes...
Devemos ter o mesmo sentimento que um(a)encarcerado(a)tem,para então alcançar seu coração e poder levá-lo(a) a aceitar o amor de Cristo em sua vida,que o(a) fará livre de todas as suas impossibilidades...
(Gálatas 6: 9)

(Sei que,de mim mesma,nada tenho de bom...mas sei que Jesus,pela sua misericórdia infinita,e apesar do que sou,tem me dado essa facilidade em compreender um pouco mais do que minhas limitações humanas poderiam fazer-me compreender,e por isso,sou grata: porque,como Paulo,que definia a si mesmo "como o principal dos pecadores"(I Timóteo 1:16)também tenho falhas intermináveis,mas aprouve ao Senhor que eu pudesse,junto com você,conhecer mais de seu Amor e transmití-lo aos que pouco,ou nada conhecem dele...)

Bola na Parede

A vida é como jogar bola na parede:
Se for jogada uma bola azul,
ela voltará azul,
se for jogada uma bola verde,
ela voltará verde,
se a bola for jogada fraca,
ela voltará fraca,
se a bola for jogada com força,
ela voltará com força.
Por isso,nunca "jogue uma bola na vida"
de forma que você não esteja pronto
para recebê-la.
A vida não dá,nem empresta,
não se comove,nem se apieda.
Tudo quanto ela faz é retribuir
e transferir aquilo que não lhe oferecemos...
Pense nisso!
(Albert Eisntein)
Um dia...

'Um dia,descobrimos
que beijar uma pessoa para esquecer outra é bobagem.
Você não só não esqueceu da outra pessoa,

como pensa muito mais nela...
Um dia,nós percebemos que se apaixonar é inevitável.
Um dia,percebemos que as melhores provas de amor
são as mais simples...
Um dia,percebemos que o comum não nos atrai...
Um dia,sabemos que ser classificado de "bonzinho"
não é bom...
Um dia,percebemos que a pessoa que não te liga
é a que mais pensa em você...
Um dia,saberemos a importância da frase:
"tu te tornas responsável por aquilo que cativas"...
Um dia,percebemos que somos muito mais importantes
para alguém,mas não damos valor à isso.
Um dia,percebemos como aquele amigo faz falta
mas aí já é tarde demais...
Enfim,um dia descobrimos que
apesar de viver quase um século,
esse tempo todo não é suficiente para realizarmos
todos os nossos sonhos,
para dizer tudo o que deve ser dito...
O jeito é: ou nos conformamos com
a falta de algumas coisas na vida,
ou lutamos para realizar todas as nossas loucuras..."

(esse poema,não é de minha autoria: é um trecho do depoimento de Dani para Rodrigo,no Orkut; prometi que iria dar os créditos a eles. Taí!)
Minha alma tem 'um não sei que de falta'...
O que foi preciso ser feito existiu fato
O que foi necessário saber se fez dito
Mas o ordinário inusitado(o que não foi previsto)
Fez de minha alma esses 'porquês'
Sem destino...
Esse 'onde está o sentido genuíno?'
Porque não me preparou
Para o embate de confrontar a falta
Com a saída de 'não ter o pedaço que...'
minha alma tem 'um não sei que de falta'...
Mas,me mima,me abraça
Me tem...minha alma...

"O que mais me preocupa não é o grito dos violentos,
nem dos corruptos,nem dos desonestos.
O que mais me preocupa é o silêncio dos bons."

(Martin Luther King)

Só conhece o perdão
Quem já foi condenado
Só se arrepende
Quem conseguiu ser libertado
De suas próprias algemas
Só haverá reconhecimento
De que se vive em prisão
Quando acontecer a admissão
Do próprio pecado
Que aproxima,
Que envolve,
Que prende o homem
Em suas correntes interiores
E o faz permanecer
Em silêncio
Diante de seu destino diário
Só há liberdade eterna
Para quem foi o alvo
Do amor e da misericórdia
De Deus
Para não sofrer mais
Guardado em prisões
Por si mesmo ...



Suposições: talvez se concretizarão ...
Especulações: quem sabe pode ter sido verdade?
Hipóteses: concluir? Todos concluem,sempre
Figuras: analogias para não dizer fato concreto!
Comparações: o abstrato pode ser real.
Adequações: nos tornamos imunes ao tempo ...
Adaptações: vamos nos disfarçando
e nos acostumando,
às próprias máscaras ...

quarta-feira, 28 de outubro de 2009


Teorias "Rosianas'

Se você ainda não aprendeu com os humildes,
desista de tentar ensinar os arrogantes...


Os sábios são aqueles que se calam
Quando algo a ser dito
Se tornaria tão contrário à razão,
que a melhor opção é o silêncio...


Sigilo não traz desgosto
nem desgraça para ninguém,
mas o bem que faz o silêncio
é tão maior e melhor
que o revide ou a revanche...


Não insista em obter respostas fáceis
Se você mesmo ainda não se deu conta
do verdadeiro motivo
das perguntas difíceis...


Só percebe o seu próprio valor
Aquele que não dá valor exagerado a si mesmo...
Não Permita Isso!

Não permita que a capa protetora
de seu próprio orgulho ferido
lhe aponte a direção definitiva.
Não dê permissão ou acesso
para uma individual tristeza,
quando o mais importante de tudo
é simplesmente: não dar vazão
ao que quer lhe acorrentar...
Não permita que as algemas do destino
sejam o tédio diário de sua alma perdida;
o mais bonito da vida é achar as chaves,
encontrar uma saída,
para poder se libertar...
Não permita que as máscaras
que a vida lhe impuser
nas horas frias em que a solidão parece
ser melhor amiga,
sejam um pretexto a mais
para a dor de uma ausência que persiste.
Insista para que a distância
deixe de ser tão presente,
nos momentos em que você
precisar não estar tão só...

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Sempre há uma saída


Sempre existe aquele instante
Em que você pode mudar uma decisão
Que já foi definida em sua mente.
Sempre há tempo,no coração,
para que os pensamentos pessoais
possam ser totalmente revelados...
Há sempre uma maneira menos difícil
de se enfrentar uma verdade.
E,mesmo que um lamento queira
sufocar a felicidade,
há sempre um motivo melhor
para se encarar uma dura realidade
de maneira menos cruel e dolorida.

Sempre,sempre há uma saída,
no escuro túnel das desilusões da vida.
Apenas os inacessíveis pensam que não.
Somente os inatingíveis continuam a dizer que não.
Talvez os inalcançáveis,em sua impertinência,
nunca queiram trocar de opinião...
Mas,sempre existirá aquele momento
Em que,dizendo sim,
você deixou,para sempre,de dizer o não...

É verdade: o verdadeiro amor não promove somente a aproximação,
mas também socorre,quando é preciso.
Protege,quando há desamparo;
acolhe,quando o que existe
é uma aparente indiferença da parte do outro.
Há amor de verdade:
as respostas,quando existe solicitação,
são respondidas,mesmo que em parte;
as dúvidas são supridas,sem críticas,
quando existe uma necessidade de abrigo,
e não de condenaçao de palavras.
Existe amor verdadeiro quando
aquele que poderia te deixar de lado não o faz...
É verdade: não há amor se o buscamos,
e há rejeição contínua,
não há amor no constante desinteresse...
Mas o amor sempre atrai:
em bondade,em socorro,em auxílio mútuo.
Amor é amizade,mais do que qualquer outra coisa,
e amizade é estar junto,perto,próximo,
dentro do coração de dois:
é ser amigo,em todos os momentos.



Deixa os vocábulos fluirem,
deixa que as palavras saiam do teu pensamento.
O único limite é o absurdo...
Mas,mesmo assim,quando somos um pouco absurdos
e um tanto quanto ridículos,há graça!
O que é o poeta,senão o mais louco dos seres?
O que é o artista das palavras,senão aquilo
que os outros são,mas com vergonha de mostrar que são?
Vulneráveis,complexos,limitados e frágeis...

O poeta é o único ser que não se constrange
em ser ridículo,
mas sem a maquiagem constante do palhaço..

segunda-feira, 26 de outubro de 2009


"Irmãos,reparai,pois na vossa vocação,visto que não foram chamados muitos sábios segundo a carne,nem muitos poderosos,nem muitos de nobre nascimento;
pelo contrário,Deus escolheu as coisas loucas do mundo para envergonhar os sábios e escolheu as coisas fracas para envergonhar as fortes;
e Deus escolheu as coisas humildes do mundo,e as desprezadas,e aquelas que não são,para reduzir a nada as que são;
a fim de que ninguém se glorie na presença de Deus."

I Coríntios 1:26 A 29

sábado, 24 de outubro de 2009


Esperando em Deus

A face ocultará,sempre,as sensações desagradáveis
quando o interior dia a dia sofrer
a perseguição acirrada e complexa
do tédio que quer consumir a alma...
Os olhos encobrirão ainda mais
as emoções quase que insuportáveis
que tentarão também dilascerar o coração...
As expressões não mentem jamais,
sequer enganam,mesmo que disfarçando as aparências.
A inconveniência da lida é que maltrata
o interior com toda a força,
porém,é a graça de Deus que alcança,
e no olhar perdido,e no semblante abatido
traz o brilho para uma nova esperança nascer.

O sol que queimou um rosto cansado
também aquecerá,por dentro o corpo
e trará,então a ideia
de esperar mais um pouco...
Para que os sentimentos se renovem
e logo,tudo se faça novo.
De novo...
O Espírito Santo nos apresenta ao nosso verdadeiro caráter,quando nos revela nossas fraquezas...Para que saibamos quem realmente somos.
O mais surpreendente disso é que não nos acusa,não nos condena e não nos julga,antes,nos acolhe com amor a partir desta nova revelação: a de que somos mesmo,muito mais imperfeitos do que críamos ser,mas que,mesmo assim,o Senhor nos ama.
Quando acontece essa transformação,aí então é que podemos compreender melhor,de maneira ainda mais profunda,que Deus quer nos dar muito mais amor do que o poder,que Dele buscamos obter,para praticar dons. Por isso,o amor é descrito como o maior de todos os outros dons,o mais excelente e o mais importante a ser buscado(I Coríntios capítulo 13).
Mais do que o poder de Deus,o Espírito Santo quer nos impulsionar a amar intensa,incondicional e profundamente as pessoas que nos cercam.
Nós podemos desfrutar deste poder maravilhoso que o Senhor concede a seus filhos,e fluir nos dons; mas a graça que Ele derrama é o presente que quer nos dar em nossa vida diária,e é para que saibamos que Ele nos ama apesar de nós,apesar do que somos ou fazemos!
Há uma mensagem clara,nos evangelhos,à respeito de pessoas que estarão diante de Deus e irão querer "lembrá-lo" das obras que praticaram,expulsando dêmonios,praticando curas,etc; como deve ser feito realmente,mais por resultado de uma vida de intimidade com o Senhor,e de amor para com os que estão cativos,do que por obrigação,satisfação pessoal ou para ser reconhecido). *Mat.7:22,23;cap.25:11,12 ;Lucas 13:25 a 27
Mas não vemos estas pessoas reivindicando um amor que (deles)foi ofertado através desses mesmos dons porque,verdadeiramente,isto não ocorreu... Fica subentendido,pelas palavras de Jesus,que Ele gostaria de tê-los conhecido: através do Espirito Santo,na transformação do que Ele opera em nós e através de nós para o nosso semelhante!
O Senhor diz: "apartai-vos de mim,vós todos os que praticais iniquidades".Eles dizem que praticaram coisas boas,que andaram com o Senhor,comendo,bebendo com Ele;mas o Senhor diz que nem sabe de onde são...
O Espírito Santo é uma pessoa com vontade própria: vontade essa que deveria ter a primazia em nossas atitudes,gestos e expressões pessoais.,senão sempre,ao menos na maior parte do tempo.
Quando isto puder acontecer plenamente e de fato,entenderemos a palavra que diz: "todos os vossos atos sejam feitos com amor."

                   És bem vindo em nós,
                  Amado e Querido Amigo Espírito Santo!

                  (I Coríntios 16:14)


Não sei bem o que pensar quando as coisas não vão bem.
Muitos podem querer achar respostas,tentando em meio a elas solucionar,ao menos em parte,as intermináveis dúvidas que lhes assola a alma...Outros quem sabe consigam até fazer alguns exercícios de "mentalização",procurando em vão uma saída que,ou os tire da prova da qual não conseguem antever jeito fácil de sair,ou então os torne alienados totalmente,e de vez!
Ainda não sei o que é pior: fingir que as coisas podem melhorar,como num passe de mágica que finalmente deu certo(depois de várias tentativas frustradas,obviamente)ou patéticamente encobrir a própria dissimulação diante de um (real) fracasso pessoal.
A realidade é que na vida,tudo é muito mais complexo do que se possa querer imaginar; na teoria é mais simples,facilmente "resolvível"... Mas,na hora de encarar os fatos,é necessário ter um discernimento e uma clareza de idéias que até pensamos possuir,quando,na verdade mais crua,podemos perceber,não temos...Não temos sequer noção do que realmente devemos,ou precisamos fazer...
Na vida,em situações de crise,há os que procuram esconderem-se: os que sempre buscam um disfarce para tudo; mas existem também aqueles que verdadeiramente dependem não de si mesmos(em algum esconderijo ou capa protetora que encubra o próprio ego)mas de alguém que os ame a ponto de ensinar o que fazer,ou não,em meio as tempestades de ondas gigantes pelas quais muitas vezes passamos...
Glória a Deus,por podermos contar com Ele,quando temos de enfrentar a nós mesmos.!
Ontem,hoje e sempre...

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Vida!

A vida comum do dia a dia
as vezes nos traz

uma estranha agonia.
A quietude pertinente do silêncio
perturba a ideia fria
de alguma saudade
que não foi consumada.

A vida nos impõe condições(ou nós as impomos à vida)
O destino nos propõe regras(ou não seguí-las)
O mundo nos mostra os limites(ou,subtraí-los?)
As pessoas nos provam ter (ou não)coração
As palavras declaram a verdade(ou não)
Os sinais indicam o caminho(ou o atalho)
As circunstâncias geram o que somos(ou o que não poderemos ser)...
JESUS se apresenta em todos esses desafios,
para fazer com que eles não nos vençam.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

O tempo leva consigo muito de nós.
Muito do que nós fomos,do que somos,e se houver uma oportunidade,leva até mesmo,o que queremos ser...
O tempo leva consigo muito do que gostaríamos de ser.
Leva rapidamente as vontades,os projetos,os planos e os sonhos... Se nos distraímos,o tempo leva consigo o que pensávamos ser!
O tempo não perde tempo.
A função do tempo é ganhar tempo para ele mesmo. Se nos descuidamos,o tempo passa e perdemos tempo pensando em tantas coisas que gostaríamos de ter feito,mas que "por falta de tempo",não fizemos...
Na verdade,a expressão "falta de tempo" é uma inverdade.
Porquê? Porque temos "falta de ter tempo" e não falta de tempo.Quem falta com o seu tempo somos nós,e não ele conosco.
Através do tempo,Deus deu um jeito para que Sua Palavra jamais ficasse esquecida...Isto Deus fez,em todo esse tempo,para nós.
Ele,Deus,não é como nós:sempre arruma um jeito de ter tempo para seus filhos.
Devemos nos beneficiar com este aliado que o Criador nos deu,e não negligenciar nem por um momento o tempo oportuno que Ele nos concede para conhecer e aceitar a Seu Filho Jesus como Senhor e Salvador.
O tempo aqui na terra é breve e passageiro,perto da eternidade(que nos espera)com Cristo;por isso,não sejamos mais descuidados com o tempo:usemos o tempo a nosso favor,ficando mais tempo com o Senhor,em oração do que as muitas vezes que assistimos passivos,e por muito tempo,a nossa televisão...


Jó 19: 13 a 21

Dor: as pessoas podem estar sentindo dores diversas;as pessoas podem estar vivendo uma vida inteira de dores:
físicas: enfermidades diagnosticadas
interiores:emocionais/da alma
espirituais:opressões e possessões

As pessoas podem sentir dor e não buscarem a cura,mas somente o alívio imediato.
Há diferença em ser doente e estar doente. Sentir algo dolorido e viver na dor.
Máquinas não sentem dor:um trator pode passar por cima de uma pessoa e não sentir absolutamente nada. Ás máquinas não foi concedido o privilégio dos sentimentos.
Assisti à um filme "O Homem Bicentenário",onde um robô queria tornar-se homem,para sentir o poder das emoções. Ele viveu 200 anos e não conseguiu o seu objetivo...
Sentir é normal,e sentir dor é compreensível,mas viver de dor em dor é antinatural!
Se você tiver uma parte do corpo machucado,e eu tocar,dói ainda mais. Como dói quando temos um ferimento,parece que aí é que todos decidem bater ali,não é mesmo?
Feridas abertas,expostas,resistem mais à cura. Toda a ferida que não foi tratada,também custará muito mais a ter cura!
Jesus sofreu as piores dores que o ser humano pode sofrer. Ninguém vai precisar passar pelo que Cristo passou,porque Ele passou todos os sofrimentos possíveis,para que não fícassemos na dor!
Podemos passar por circunstâncias limites;por uma situação extremamente dolorosa aos olhos humanos...mas não devemos decidir ficar remoendo essas dores...Além de ser inútil,não trazer um benefício que seja,é maçante,frustrante,e muito,muito triste.
Jó 19:23 a 26
Prov. 18:10
"Amar alguém é compreender...
Que o outro é a melhor versão de nós mesmos."

"Se puder ficar com alguém que ama,
essa pessoa pode te ajudar

a te tornar a melhor versão de você mesmo..."

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Doces Palavras Difíceis
(mas que dizem tudo...não obviamente,é claro)


O Eufemismo convidou sua amiga Analogia
para irem até a casa da Metáfora
A Prosopopéia queria muito ir junto,
Mas como a companheira Figura ia ficar sozinha,
resolveu fazer-lhe companhia.
Nenhum deles sabia,no entanto
que  a Parábola organizou uma"'Festa à Fantasia"
e deixou os detalhes de maior importância
com a amiga Alegoria...
Como ninguém morava perto da Retórica ela não foi convidada
para ir em nenhum dos lugares citados nesta história;
mas todos gostavam demais da Síntese e do Enigma
e por isso foram lembrados para estarem juntos,
porém,para que tudo ficasse muito mais divertido
o primeiro convidado a ser chamado
o primeiro de muitos a ser lembrado
foi o Subentendido.
                                    (no Universo do Absurdo)




terça-feira, 20 de outubro de 2009


"Seguir o curso do vento faz parte do meu roteiro de viagem..."
Onde estão os que amam mais
e por isso sofrem menos?
Fugiram todos os valentes?
Restaram somente os menos corajosos?
Onde estão os grandes, os imbatíveis
inconfrontáveis?
Será que estão procurando uma razão
para seu próprio sofrimento?
Não lhe contaram, audaciosos,
que os que sonham mais alto
também ficam mais longe do chão?
Onde estão os que ousaram
mostrar seus corações partidos?
Será que estão caídos?
Levantem-se depressa, então!

Onde estão os que sofrem mais
porque amam tanto,
a  ponto de abrir mão
de seu próprio coração?
Onde estão?
Sobraram, ao menos,
Aqueles que sofrem mais,
que admitem
que não são fortes o bastante
para enfrentrarem-se a si mesmos?
Confessem-no, então, se é que tem um coração ...


A confissão de que não sabemos as respostas
Para todas as perguntas é o incômodo
para os que pensam saber todas elas ...
Inevitável


Trecho inexato em um contexto desconexo
Anúncio que é o prenúncio triste
Do que vai corroendo,mas sem mostrar-se
(assim ninguém descobre que existe,nem quem realmente precisa saber:eu mesmo)
Sem nexo,mas é a vida,é o nosso mundo.
Crimes mudos? Transgredimos,sempre!
Despropositalmente,no entanto...
Acordamos um dia e estamos aniquilados:
a lei,os homens, Deus!
Estamos contra tudo e todos
Mas não queríamos jamais estar;
quem queria lutar contra o Senhor
já sabendo-se um derrotado vencido
perdedor nato,ante o Todo Poderoso?

Remexendo as gavetas do abstrato
Encontramos o incerto,que, agora concreto,
Acena,a debochar de nós como real...
E o surreal virou o certo pelo avesso.
Inversa contradição que não
queríamos nossa,mas acontece,
e não pudemos sequer evitá-la:
"compaixão"...É nossa súplica eterna.

Aquele que se auto declara vil
não está,necessariamente,concordando ser vilão,
mas antes,mísero,ou seja,o que necessita ainda mais de misericórdia:
diferente de todos os que "são nobres e heróis...os semideuses
de todos os tempos..."

Vilões e heróis se confundem no dia a dia
Máscaras são impostas,
para que não se altere o valor do produto.
Ser vil é reconhecer sua condição de limite;
ser herói,por outro lado,implica em muitas vezes
não perceber o próprio instante...

O minuto será eterno...

Em um momento que parece efêmero.

domingo, 18 de outubro de 2009

Todos almejam,na vida,
um nascer do sol um pouco melhor
que o de anteontem...
O de ontem foi bonito
mas o de amanhã será
ainda mais lindo,
pois desponta,já,dentro dos corações
que o esperam,
que sonham com ele...
Aquilo com que se sonha
talvez  nem sempre seja como
o real que o é...
Mas é tão intenso aguardar
por aquilo que se deseja almejar...
Ninguém presta atenção
que o fato de imaginar,continuamente
transforma em realidade a esperança;
a expectação vivaz faz da abstração
a sonhada concretização dela.
O melhor do sol não é seu nascer
todos os dias:
sublime,e muito mais nobre 
é esperar,sonhando
à noite,por ele...

sábado, 17 de outubro de 2009

"Eu é que sei que pensamentos tenho a vosso respeito,diz o Senhor: pensamentos de paz e não de mal,para vos dar o fim que desejais."
(Jeremias 28: 11)

No capítulo 16,do livro do profeta Jeremias,Deus fala ao profeta sobre o seu chamado(versículo1). Não quero fazer aqui uma apologia ao não casamento:apenas tratar do que Deus faz.
O Senhor falou diretamente ao profeta,à respeito de seu celibato,porque sua trajetória mostraria,simbólicamente,o destino que estava reservado ao reino de Judá,como também aconteceu,no caso de outros dois profetas do Antigo Testamento,Oséias e Ezequiel.
Bem,Jeremias,vai andando com Deus,e cada vez mais o Senhor lhe dá visões:a desolação da nação,sua ruína,a deportação:estão,gradativamente,mais visíveis ao profeta;sua missão de anunciar ao povo está impregnada em sua própria vida pessoal.
Ele profetiza,e assim acontece;outra visão,e assim Deus faz.
O povo não quer ouvir as mensagens,vindas da parte do Senhor,não quer obedecer,antes ,dá ouvidos(e coração)aos falsos profetas,que dizem "Paz,paz sobre Jerusalém",no capít. 23:17 ao 23.
O Senhor quer dar paz a todos nós,mesmo em meio ao nosso choro da alma,e,no centro de uma tempestade,quer que tenhamos paz,equílibrio,domínio próprio... Mas é dentro do coração que sentiremos tudo isso,se ouvirmos a Ele,à respeito do que quer nos advertir!
Bem,o povo foi levado cativo pelo rei Nabucodonosor,para a Babilônia,como Deus havia predito que aconteceria,através do profeta.
Deus falava a Jeremias,lhe dando instruções,e em algumas delas,também propunha a ele perguntas...Isso nos mostra que,ainda que nós mesmos tenhamos interrogações( individuais,ou coletivas)o Senhor vem a nós e nos acrescenta as Dele! (capít.1,versículos 11 ao 13;capít.24,versíc.1 ao 3).
No capít.29,o profeta escreve uma carta a todos os anciãos do cativeiro,aos sacerdotes,aos profetas,e todo o povo que Nabucodonosor havia deportado de Jerusalém para a Babilônia,exortando-os a se adaptarem à nova condição de vida,e procurarem o bem-estar do lugar onde viveriam,pois eles mesmos seriam os beneficiados com tal atitude;no verso 7 recebemos outra significativa revelação;o verso 10 indica o tempo do exílio:bastante longo...
O salmo 90 traz um paralelo interessante,sobre isso,nos versos 10 ao 12(o coração sábio os transforma no vers. 4.do mesmo salmo!)
No entanto,apesar da situação do povo eleito estar,inicialmente,em uma aparente derrota,ainda assim o Senhor continua guardando-o,protegendo-o,instruindoos a se voltarem a Ele... Deus não é Senhor de uma história particular como a do povo eleito,mas também rege a história de todas as nações...E,mais do que isso:dirige(se permitirmos)a história pessoal de cada um de nós...

"Então,me invocareis,passareis a orar a mim,e eu os ouvirei.
 Buscar-me-eis e me achareis,quando me buscardes de todo o coração.
 Serei achado de vós,diz o Senhor,e farei mudar a vossa sorte..."
 Versículos 12,13 e 14 do cap. 29,Jeremias


''Uma palavra pode estar guardada, como algo que pode ter sido tão bem protegido, e guardado com tanto cuidado, que pode ficar como que esquecido aos nossos olhos. Mas, se estiver bem guardado,não quer dizer que não existe(pode estar oculto aos olhos, mas não necessariamente ao coração)e, no momento em que é descoberto aos olhos, traz de volta  a verdadeira utilidade, pois traz novamente à tona o verdadeiro sentido daquilo que parecia estar perdido...Ou, escondido ao nosso olhar(mas não ao coração)..."

quinta-feira, 15 de outubro de 2009


Os sonhos são a parte lúdica e fácil da vida.
No sonho,nada é complicado,antes, tudo é tão simples...
Nos meus sonhos, posso voar, mas sem precisar ter apenas duas asas;
porque, sonhando, posso ser livre de mim mesma!
A vida nos impõe limites, e nos prende ao que é real,quando o bonito
da vida é exatamente aquilo que eu sonho em ser, para ser o melhor que posso ser...
E, mesmo que no fim das coisas, tudo não passe de sonho,
ao menos, então, concretizei meu sonho de sonhar que fui melhor.
Mas, por mais que eu me engane, enquanto outros reclamem;
ainda que haja o silêncio,apesar de eu viver sonhando...
Serei feliz no meu sonhar, muito mais do que alguém
algum dia pôde imaginar.
Serei, em meus sonhos mais feliz do que a vida
possa me dar para viver, porque o meu Amado
me deu um coração para amar...
E também, asas para voar.
Não conquistei terras
Não desbravei nações
Não ultrapassei oceanos
Não lutei pela paz mundial
Não entoei canções de protesto
Não proferi palavras de insulto
aos governantes
Não fiz parte de coisas sem sentido,
como desaprovar o que era
para ser aprovado
Não condenei culpados
Não inocentei inocentes


Apenas vivi...
Amando as pessoas para poder
me conhecer melhor!



O mundo é sempre
aquela expectativa de que
o amanhã trará
o que de melhor virá,
porque não pôde trazer
hoje, por querer surpreender
o que foi ontem!

O que foi bom ontem
não pôde ser o hoje tão bom
porque o hoje quis
ser melhor
...amanhã...

As pessoas se desesperam.
As pessoas choram.
As pessoas sofrem.
As pessoas amam.
As pessoas sonham.
As pessoas riem.
As pessoas querem.
As pessoas vivem.
As pessoas...
Bem, elas aprendem a serem crescidas!
Na vida não é possível ser razão o tempo inteiro
Resoluções mudam situações,
aitudes  transformam pensamentos,
gestos modificam palavras que são ditas,
e até mesmo as que não foram ouvidas.
As expressões tornam-se dor intensa...
Ou alegria de brincadeira que parece inocente?
Vocábulos podem ser o motivo viável
do choro que ultrapassa
toda uma noite de incertezas
até entregar sua tristeza à manhã que virá.
Sentimentos envolvem a mente
de maneira a trincar uma verdade absoluta
e, sutilmente abalar a razão,
tornando a realidade aparente que existia
em uma questão de simples(?)critério de avaliação

Na vida tudo é intenção,
coração,emoção...
E a sensação agradável
de que, ao menos por alguns momentos
o possível do impossível será,
de verdade,não somente um sonho,
mas realidade...

Mais um dia...

Na madrugada fria
As horas passam e me veem.
Os minutos ironizam o que acho importante
e traduzo emergência, mas não acontece.
Minha prece é eterna.
É atemporal: desliza no infinito
absorve-se no horizonte
até entrelaçar-se nos ares,
nas nuvens,no inverno e no verão.

Os momentos vão ficando, nos meses que se foram,
mas não ficam para trás, no esquecimento...
Comidas, me lembro bem.
Rostos, não esqueci jamais.
Frases: guardei-as todas, no pensamento.
Gestos, os decifrei como talvez ninguém o conseguiu.

Mais um dia, e as horas vem.
Elas chegam sutis, quase que imperceptíveis,
e vão tornando-se em mim
a vida que sou hoje
e que fui e que sempre serei.