Eu Conheço Alguém Que Morreu de Tanto Amar!

Eu te amo...

Mas, melhor do que eu possa querer amar você, Deus te ama ainda de uma maneira muito melhor do que a minha, pois te ama + do que o amor que eu, pessoalmente possa crer ser o + perfeito!

Ele entregou Seu Filho a ti e a mim por amor, e para isso, se entregou, morrendo por todos os nossos pecados, grandes e pequenos.

Você não precisa de + nenhum acessório para querer a Ele, em sua vida:basta reconhecer que,como todo ser humano,necessita desse amor que Ele lhe ofertou,na cruz.

E, a partir desta simples atitude,você será como eu sou: amada com um amor + do que perfeito!


Um pouquinho de mim para ti...

quinta-feira, 4 de março de 2010


O que esperar,se o que se espera é tão longínquo quanto é uma procura ansiosa pelo outro,e em vão se espera, em um vácuo chamado coração?
E se o fato de me calar não faria a mínima diferença,quando cada compasso dentro em mim é um descompasso,e se falar,não diminuirá a intensidade do sentimento,que é muito mais profundo,e tão desproporcional quanto é o desequilíbrio emocional que,por vezes,arrebata o ser por completo,até trazê-lo de volta a si mesmo...
Sensações,emoções,sentimento...Para todas as vezes que o coração quiser gritar,haverá outro argumento convencional,velho conhecido de todos aqueles que são formais,anárquicos e transgressores na íntegra,mas mantendo-se firmes diante de seu individual espelho...
Invólucros : são a eles que se amoldam os menos ousados,os que contribuirão menos para que o amor aconteça,e ainda aplaudirão,de pé,toda forma inversa(avessa) de felicidade,e em cada resignação encontrarão seu próprio e eventual destino...
Não raro,esperamos as atitudes que desconcertem,descontraiam,enfim,quebrem todos os paradigmas e protocolos aparentemente inflexíveis;que alguém surja,em meio a multidão,e modifique nossas ideias,conceitos prontos,teorias: os elos que criamos, na maioria das vezes,simplesmente para impressionar o outro e nos fazer notar(e não adianta fazer cara de que não é verdade,porque é,sim!).
Nossas indagações permanecerão...
Os vínculos a nos prender uns aos outros desafiarão as leis da física,o cosmos,a teoria da evolução...Atravessarão tempos difíceis,ultrapassarão limites(imaginários)até mesmo dos dogmas impostos pelos homens...E,mesmo assim,não conseguirão vencer uma palavra quase pequena,mas muito forte,chamada distância...